No mercado atual ouve-se muito sobre “experiência do usuário”. Com a concorrência sempre mais acirrada, as empresas têm buscado cada vez mais satisfazer as necessidades do consumidor, promovendo uma excelente experiência no processo de compra, buscando atingir a excelência de forma eficiente.

Com os médicos e profissionais da saúde não é diferente. É preciso se enxergar como empresa e entender que há inúmeros concorrentes tão bons quanto você. E o que fará com que o cliente se torne seu paciente e, mais que isso, fidelize-se na sua clínica? A experiência que você estiver disposto a oferecer.

É importante citar que este processo envolve todos os colaboradores da clínica ou consultório, desde o faxineiro até a ala da diretoria. Tudo deve ser voltado para assistir o paciente da maneira mais atenciosa e completa possível. É considerável também valorizar cada etapa do processo de jornada do paciente em sua clínica, desde o momento de marcar a consulta, até o atendimento. Tudo deve estar alinhado para o mesmo propósito.

Este processo muitas vezes é longo e trabalhoso, mas valerá a pena já que um paciente satisfeito trará inúmeros outros. Agora que você já sabe como melhorar a experiência do paciente na sua clínica é importante, vamos dar algumas dicas valiosas para te ajudar no desenvolvimento:

  • Promova treinamentos para sua equipe

Sabemos que o ambiente hospitalar e até mesmo de uma clínica é repleto de momentos delicados e de vulnerabilidade então é essencial que sua equipe esteja pronta. Uma equipe bem preparada sabe lidar com qualquer situação. Investir em cursos de humanização traz empatia e capacitação para os processos internos.

  • Organize seu ambiente

Além de ter uma equipe pronta para realizar as tarefas de forma humanizada é preciso promover um ambiente organizado no âmbito de sua limpeza e estrutura.
Caso não exista, faça adaptações com acessibilidade para possíveis pacientes deficientes físicos ou mesmo acompanhante. Torne o ambiente agradável e prazeroso tanto para quem trabalha quanto para quem irá ser atendido. Isso faz toda a diferença.

  • Otimize tempo

Parece clichê, mas com a vida cada vez mais corrida, soa até arcaico que uma pessoa passe horas esperando para ser atendida. Esta prática hoje é quase inaceitável já que seu paciente tem inúmeros compromissos e atende-lo no horário é mais que uma questão de respeito, é ético.

Além disso, clínicas que têm fama de atrasar consultas gerarão sempre pacientes atrasados e faltas nas consultas, pois passa o ar de irresponsabilidade e o paciente não verá problema em “chegar alguns minutinhos atrasado”. A postura que sua empresa tem diante dos pacientes será o reflexo de como os pacientes agem com sua empresa.

  • Incentive a prática de feedback

O feedback é uma prática mundialmente conhecida por trazer à tona dicas ou críticas construtivas que contribuem para a melhoria e bom funcionamento de algo. Não tenha medo de perguntar aos seus pacientes o que eles acharam da consulta, do atendimento na recepção, enfim, estimule esta prática seja perguntando diretamente ou através de pesquisas com formulários rápidos e objetivos. As opiniões enviadas te darão norte para futuras mudanças e melhorias. Vale a pena.

  • Invista no vínculo pós-atendimento

Por fim, é sempre importante lembrar que a relação com o paciente não acaba no momento do fim da consulta. É interessante a partir disso manter um pós-atendimento adequado, seja por meio de estratégias digitais ou o bom e velho telefonema lembrando a próxima consulta. Atitudes como essas estreitam o relacionamento e fidelizam cada vez mais pacientes para sua clínica.