Que o Google é uma potência no mercado de tecnologia, todo mundo sabe. A empresa é a maior plataforma de pesquisas do mundo, utilizada por milhares de pessoas todos os dias.

Entretanto, há algum tempo o Google começou a buscar soluções tecnológicas para outras áreas, uma delas, a saúde.

Talvez você não saiba, mas atualmente a empresa é dona de várias empresas responsáveis por buscar essas soluções.

Companhias que fazem parte do Google

Os avanços da tecnologia têm sido fundamentais para auxiliar na descoberta de diversas doenças, inclusive, curas.

Isso tem sido frequente desde que os primeiros passos da tecnologia começaram a ser dados.

Com o incentivo do Google, diversas startups estão conseguindo trazer avanços muito significativos para a área da saúde.

Veja abaixo algumas empresas que fazem parte deste time:

Google Fit

O Google Fit é um aplicativo criado para monitorar a saúde dos usuários.

Ele é capaz de acompanhar, através de sensores, as atividades físicas, gerando relatórios e dados estatísticos.            

Verily

A Verily faz parte das startups de saúde do Google. Foi fundada em 2015 e recebeu recentemente um investimento de 1 bilhão de dólares.

O objetivo principal da empresa é identificar e tratar doenças, através da tecnologia.

Por meio de seus algoritmos é possível descobrir, prevenir e até tratar diversas doenças. Além disso, a empresa investe em pesquisas que possam trazer cada vez mais avanços ao setor. 

Calico

Calico é a empresa de biotecnologia do Google, fundada em 2013, que tem como foco principal o combate ao envelhecimento e o estudo de doenças que são mais comuns neste período.

O principal meio para esses estudos são as pesquisas, que se efetivas, podem proporcionar à população uma vida mais saudável e longeva.

Deepmind

A Deepmind foi fundada em 2010 e comprada pelo Google em 2014. Seu foco é a criação de máquinas de inteligência artificial que descubram doenças de forma mais precisa.

Em parceria com um hospital de Londres, a tecnologia foi capaz de diagnosticar mais de 50 doenças que afetam a visão

Em seu novo projeto, a empresa realizará pesquisas semelhantes a praticada no hospital de Londres, mas com foco no câncer de mama.

Google Cloud

A conhecida solução de armazenamento de dados na nuvem do Google também tem ajudado a saúde.

Pensando em ajudar o atendimento médico, o Google Cloud permite que uma grande quantidade de dados seja armazenada.

Além disso, com incríveis avanços de Big Data, o Big Query, ferramenta também fornecida pela empresa, analisa banco de dados e cruza algoritmos, acelerando a descoberta do diagnóstico.

Em parceria com diversos consultórios médicos, o Google Cloud oferece uma experiência com cada vez mais integração de dados aos pacientes.

Já deu para perceber que cada vez mais saúde e tecnologia têm andados juntas. E quem ganha são os pacientes.

A tecnologia agregada ao bom e velho atendimento humanizado é capaz de proporcionar aos pacientes uma experiência única e eficaz.